Davi Kopenawa Yanomami outside Parliament before the APPG on tribal peoples, 10/06/09.

Líder indígena da Amazônia Laureado da Right Livelihood Award 2019

Press releases 25.09.2019

Right Livelihood Award, amplamente conhecido com o “Prêmio Nobel Alternativo”, celebra seu 40º aniversário neste ano. Davi Kopenawa, do povo Yanomami, um dos mais respeitados líderes indígenas do Brasil, é um dos Laureados de 2019 da RightLivelihood Foundation, anunciados hoje em Estocolmo, Suécia. Ele recebe a premiação juntamente com a Hutukara Associação Yanomami, que está promovendo os direitos indígenas e preservando a floresta tropical.

Davi Kopenawa e Hutukara Associação Yanomami (Brasil) recebem conjuntamente o RightLivelihood Award. Eles são reconhecidos pelo júri internacional “pela corajosa determinação em proteger as florestas e a biodiversidade da Amazônia, e as terras e a cultura de seus povos indígenas”.

Ao receber a notícia, Davi Kopenawa comentou:

“Estou muito feliz – o povo do prêmio Right Livelihood Award não me esqueceu. Chegou na hora. Estou muito contente. Eles confiam muito nas pessoas – em mim e Hutukara – e em quem defende a floresta e o planeta Terra. Dá força para eu continuar a lutar pela defesa da alma da floresta Amazônica. Confirma que continuo a falar bem do nosso patrimônio e cultura no Brasil. Nós, os povos do planeta, precisamos proteger nosso patrimônio cultural, como Omame nos ensinou, para viver bem, cuidando de nosso lugar, para que nossas futuras gerações continuem a usá-lo”.

Os Laureados 2019 da Right Livelihood Award foram anunciados durante a coletiva de imprensa, no International Press Centre do Ministério de Relações Exteriores da Suécia. O júri selecionou quatro Laureados que receberão 1 milhão de coroas suecas (94 mil euros). O prêmio em dinheiro é destinado a apoiar o trabalho dos Laureados, não para uso pessoal.

Os outros Laureados são a defensora dos direitos humanos, Aminatou Haidar (Saara Ocidental), a advogada Guo Jianmei (China), e a ativista do clima Greta Thunberg (Suécia). O júri considerou 142 indicações de 59 países, após um processo aberto de indicação.

Ole von Uexkull, Diretor Executivo da Right Livelihood Foundation, comentou:

“Davi Kopenawa, junto à Hutukara Associação Yanomami, está resistindo exitosamente à impiedosa exploração de terras indígenas na Amazônia, protegendo nossa herança planetária comum”.

Davi Kopenawa tem dedicado sua vida à proteção de direitos, cultura e território Yanomâmi, na Amazônia. O território está entre os mais importantes reservatórios de diversidade genética do planeta, mas a grande pressão política para explorar os recursos naturais da Amazônia está instigando invasões às terras indígenas. Violência, devastação e doenças que se seguem impõem severas ameaças à biodiversidade bem como à existência das comunidades indígenas.

Os Yanomami são um dos povos indígenas mais populosos no Brasil, com cerca de 35 mil membros. Somando as área habitada pelos Yanomami no Brasil e na Venezuela, tem-se o maior território indígena habitado por um único povo em floresta tropical, no mundo – maior que a Grécia.

Vinte por centro dos Yanomami morreram em apenas sete anos, durante as décadas de 1980 e 1990, depois que garimpeiros destruíram vilas, atiraram em pessoas e expuseram outras a doenças para as quais não estavam imunes. Hoje, essas ameaças estão novamente crescendo. Kopenawa exerce papel fundamental unindo as comunidades indígenas para resistirem a garimpeiros, fazendeiros e outros poderosos interesses que destroem as terras e o sustento Yanomami, por conta do ganho financeiro. Ele foi eficiente em assegurar a demarcação, em 1992, das terras Yanomami no Brasil, em cerca de 96 mil quilômetros quadrados. O extenso ativismo de Kopenawa rendeu a ele muitos inimigos poderosos e ele continua enfrentando ameaças de morte.

Davi Kopenawa é cofundador e presidente da Hutukara Associação Yanomami. Criada em 2004, a organização une e representa diferentes comunidades Yanomami no Brasil, promovendo os direitos indígenas no país. Hutukara também preserva a floresta. Em consideração ao rápido declínio em biodiversidade ao redor do mundo e à piora dos efeitos das mudanças climáticas, o conhecimento Yanomami em como preservar e viver sustentavelmente em suas terras, pelo benefício de todos, é significante.

Davi Kopenawa e Hutukara Associação Yanomami receberão o prêmio na Celebração 2019 da Right Livelihood Award em Estocolmo, no dia 4 de Dezembro. Como a premiação celebra seus 40 anos, o público é, pela primeira vez, convidado a participar da apresentação. Edward Snowden, que recebeu o Right Livelihood Award em 2014, se juntará à celebração via link, de Moscou, e os artistas José González e Ane Brun farão uma performance no evento. Ingressos para a celebração de premiação estão disponíveis em Cirkus.se.

Media contacts

Emoke Bebiak

English, French & International Media

E-mail: emoke.bebiak@rightlivelihood.org
Phone: +41 (0)78 333 84 84

Nayla Azzinnari

Spanish Media

E-mail: nayla@rightlivelihood.org
Phone: +54 9 11 5460 9860

Nina Tesenfitz

German Media

E-mail: presse@rightlivelihood.org
Phone: +49 (0)170 5763 663

Sydney Nelson

Swedish Media

E-mail: sydney.nelson@rightlivelihood.org
Phone: +46 (0)73 043 13 01